Prefeitura discute adequação de abatedores de frango em Itabuna

on . Posted in AGRICULTURA E MEIO AMBIENTE

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima) e a Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal da Saúde (Visa) realizaram na manhã desta segunda-feira uma reunião com setores públicos e privados para discutir a organização da cadeia produtiva do frango em Itabuna. O encontro contou com a participação de 15 pessoas, entre produtores, proprietários de abatedouros, distribuidores e comerciantes.

Prefeitura discute adequação de abatedores de frango em Itabuna - Foto Gabriel de Oliveira 3Prefeitura discute adequação de abatedores de frango em Itabuna

O titular da Seagrima, Lanns Almeida Filho, dialogou com os participantes do encontro, tendo destacado o esforço da administração municipal para que o abate e a comercialização de frango possam cumprir o que determina a Portaria nº 304, do Ministério da Agricultura. "Está lei é vigente desde 1996 e vemos a necessidade de evitar riscos na saúde dos consumidores deste produto com sua aplicação. Existem normas referentes à segurança alimentar e sobre as condições ideais de abate e a comercialização", disse o secretário.

De acordo com Lanns, o prefeito Claudevane Leite determinou a criação de uma estrutura legal para ajudar as pessoas que trabalham nesse segmento, desde a doação do terreno para o abatedouro à captação de crédito junto às instituições financeiras para que possam ter a garantia de exercer esse comércio legalmente. Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal da Saúde, Antonio Carlos Carvalho, entre os temas em debate também se incluiu o abate com a inspeção sanitária até a comercialização dos produtos e subprodutos que devem ter refrigeração adequada nos pontos de venda.

"A nossa meta sanitária pretende estabelecer as condições adequadas para o desenvolvimento do comércio alimentício em nossa cidade seguindo as determinações do Ministério da Agricultura e as recomendações do Ministério Público (MP) com a normalização do abate de frango em Itabuna. Tivemos o prazo de 90 dias e por isso precisamos regularizar o segmento dentro das condições que atendam as normas da legislação da Vigilância Sanitária", afirmou Antonio Carlos Carvalho.

Prefeitura discute adequação de abatedores de frango em Itabuna - Foto Gabriel de Oliveira 3Prefeitura discute adequação de abatedores de frango em Itabuna

Os comerciantes Erivaldo Matos e Ivone Souza Santos destacaram que a Prefeitura está seguindo as determinações quanto à adequação para melhorar a prática de abate e comércio de frango em Itabuna. "Temos que evoluir para a garantia de uma melhor qualidade em nosso comércio. Acredito que chegaremos a uma finalização nesse debate de maneira que agrade a toda a comunidade", disse Erivaldo. Já para Ivone Souza Santos, "a iniciativa irá melhorar as condições de higiene do abate e também do comércio de frango, que é um problema reclamado pelos consumidores".

________________

Prefeitura de Itabuna

Secretaria Municipal de Comunicação

Texto: Alline Meira

Fotos: Gabriel de Oliveira

360CEU

banner-mais-noticias