Plen√°ria elege delegados √† 4¬™ Confer√™ncia de Sa√ļde do Trabalhador

on . Posted in Itabuna

Sede do CEREST na Avenida Na√ß√Ķes Unidas centro de Itabuna - Foto Pedro Augusto 1Sede do CEREST na Avenida Na√ß√Ķes Unidas centro de Itabuna

A plen√°ria municipal que vai eleger quatro representantes de Itabuna para atuar como delegados na 4¬™ Confer√™ncia Estadual de Sa√ļde do Trabalhador e da Trabalhadora (4¬™ CEST) ser√° realizada n o pr√≥ximo dia 15, √†s 14 horas, no audit√≥rio da Faculdade de Tecnologia e Ci√™ncias (FTC). Podem se candidatar usu√°rios do Sistema √önico de Sa√ļde (SUS), trabalhadores da Sa√ļde e gestores ou prestadores de servi√ßo do SUS.

As quatro vagas para delegados da Macrorregional Sul contemplam dois representantes de usu√°rios, um de trabalhador da Sa√ļde e um de gestor ou prestador de servi√ßos do SUS. Os candidatos devem comparecer √† plen√°ria com a indica√ß√£o oficial da entidade pela qual pretende representar para concorrer √† vaga.

A plen√°ria √© preparat√≥ria para a 4¬™ CEST ‚Äď Etapa Macrorregional Sul que acontecer√° nos dias 28 e 29 de abril, das 8 √†s 17 horas, no audit√≥rio do Instituto de Cultura Esp√≠rita de Itabuna (ICEI). O evento tem como tema "Sa√ļde do Trabalhador e da Trabalhadora, Direito de todos e dever do Estado".

Durante a Confer√™ncia os delegados discutir√£o e apresentar√£o propostas baseadas na Pol√≠tica Nacional de Sa√ļde do Trabalhador e da Trabalhadora implantada pela Portaria n¬ļ 1.823, de 23 de agosto de 2012.

A Confer√™ncia Macrorregional Sul √© realizada pela Secretaria da Sa√ļde do Estado da Bahia (Sesab), com o apoio do Centro de Refer√™ncia Regional em Sa√ļde do Trabalhador (CEREST), Conselho Municipal de Sa√ļde e 7¬™ Diretoria Regional de Sa√ļde. A etapa macrorregional antecede as Confer√™ncias Estadual e Nacional, previstas para os meses de maio e novembro, respectivamente.

________________

Prefeitura de Itabuna

Secretaria de Comunicação Social

Texto: Naudielle Silva

Foto: Gabriel de Oliveira

Centro Administrativo da Prefeitura n√£o funcionar√° nesta sexta-feira

on . Posted in Itabuna

Centro Administrativo da Prefeitura de Itabuna  -Foto Gabriel de OliveiraCentro Administrativo da Prefeitura de Itabuna

Nesta sexta-feira, prefeituras de todo o País fecharão as portas como forma de pressionar o Governo Federal e os parlamentares a reverem os repasses e a partilha dos recursos arrecadados, que, segundo os prefeitos, é perversa com os municípios. O movimento é liderado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em nível nacional, e pela União dos Municípios da Bahia (UPB) e Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (AMURC). As entidades defendem a revisão do pacto federativo.

O pr√©dio do Centro Administrativo da Prefeitura de Itabuna n√£o funcionar√°, mas os servi√ßos essenciais ser√° mantido, de acordo com decreto do prefeito Claudevana Leite. Estar√£o funcionando as reparti√ß√Ķes e servi√ßos cujos consideradas essenciais, especialmente a secretarias municipais da Sa√ļde e Educa√ß√£o, a coleta de lixo urbano e programas sociais e de seguran√ßa p√ļblica.

Sobre o movimento liderado pelas entidades de defesa dos Munic√≠pios, o prefeito de Itabuna tem chamado a aten√ß√£o para a dificuldade das prefeituras realizarem as obras que a popula√ß√£o pede e at√© mesmo realizar coisas b√°sicas, como pagar sal√°rios e manter os servi√ßos essenciais. "A receita dos munic√≠pios n√£o cresce, as obriga√ß√Ķes aumentam e a p√©ssima divis√£o dos recursos s√≥ √© boa para o Governo Federal".

Vane lembra que a Prefeitura de Itabuna é uma das poucas a pagar em dia e que têm conseguido fazer investimento em infraestrutura. "Mas, mesmo assim, não temos como avançar como queremos e a cidade merece, porque as receitas não crescem e a parte do município no bolo da arrecadação nacional é muito abaixo do que deveria ser", ressalta o prefeito de Itabuna.

________________

Prefeitura de Itabuna

Secretaria de Comunicação Social

Matadouro Municipal de Itabuna voltar√° a funcionar em junho

on . Posted in Itabuna

Matadouro Municipal de Itabuna - Fotos Pedro Augusto 1Matadouro Municipal de Itabuna

A empresa vencedora da licita√ß√£o para explora√ß√£o do matadouro municipal de Itabuna anunciou que em at√© 60 dias a popula√ß√£o voltar√° a consumir carne abatida naquela unidade. A Afrisul (Abatedouro e Frigor√≠fico Sul da Bahia Ltda), ganhou a Concorr√™ncia P√ļblica n¬ļ 010/2013 e administrar√° o matadouro pelo prazo de 12 meses e foi autorizada a tomar posse do im√≥vel na segunda-feira, dia 8.

Uma das condi√ß√Ķes da administra√ß√£o municipal para que a empresa assumisse o empreendimento √© a garantia emprego para os trabalhadores que atuavam no matadouro antes da interdi√ß√£o pela Justi√ßa. Os representantes da Afrisul garantem que nos pr√≥ximos dois meses investir√° mais de R$ 1 milh√£o para adequar as antigas instala√ß√Ķes do abatedouro √†s normas ambientais, de seguran√ßa do trabalho, estruturais e sanit√°rias exigidas pela Legisla√ß√£o Brasileira.

O Matadouro foi interditado por a√ß√£o do Minist√©rio P√ļblico Estadual em mar√ßo de 2013, por n√£o atender √†s condi√ß√Ķes m√≠nimas de funcionamento e exig√™ncias sanit√°rias, conforme as normas da Anvisa (Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria) e √≥rg√£os ambientais. "Agora, com os investimentos previstos pela empresa concession√°ria, Itabuna voltar√° a consumir carnes do abatedouro com toda a seguran√ßa em rela√ß√£o √† proced√™ncia e qualidade", frisou o secret√°rio de Agricultura e Meio Ambiente, Lanns Almeida Filho.

Matadouro Municipal de Itabuna - Fotos Pedro Augusto 2Matadouro Municipal de Itabuna

De acordo com o secret√°rio, as interven√ß√Ķes no local e o cumprimento do prazo ser√£o seguidos de perto por uma Comiss√£o de Acompanhamento, Controle e Fiscaliza√ß√£o nomeada pelo prefeito Claudevane Leite. Lanns Filho disse ainda que todos os encaminhamentos feitos para a concess√£o do Matadouro Municipal foram de acordo com as recomenda√ß√Ķes feitas pelo Minist√©rio P√ļblico e envolveram al√©m da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, a Procuradoria Geral do Munic√≠pio e as secretarias de Governo, da Administra√ß√£o e a do Desenvolvimento Urbano.

O secret√°rio ressalta que os investimentos previstos incluem a instala√ß√£o de c√Ęmaras para resfriamento de carnes e v√≠sceras, lagoas com bombeamento, a troca de transformadores, bem como a melhoria da infraestrutura geral, com interven√ß√Ķes no curral, nas instala√ß√Ķes f√≠sicas, el√©tricas e hidr√°ulicas. O prazo de concess√£o poder√° ser prorrogado por igual per√≠odo de 12 meses.

_______________________

Prefeitura Municipal de Itabuna

Secretaria de Comunicação Social

Texto: Erivaldo Bomfim

Foto: Divulgação

População de Itabuna vai ser orientada sobre a coleta de lixo

on . Posted in Itabuna

Campanha visa aperfei√ßoar  coleta de lixo domiciliar - Foto Gabriel de OliveiraCampanha visa aperfei√ßoar  coleta de lixo domiciliar

Por determinação da Prefeitura de Itabuna, a Biosanear realiza a partir, desta semana, uma campanha nos bairros para aperfeiçoar os serviços de coleta de lixo domiciliar na cidade. A empresa vai informar, através de panfletos e carros de som, quais os horários em que os veículos compactadores vão passar em cada bairro. A medida visa evitar que o lixo fique muito tempo na rua, atraindo animais e causando transtornos aos próprios moradores.

De acordo com o diretor do Departamento de Limpeza P√ļblica, Vicente Jos√© Silva, atualmente s√£o coletadas entre 2.200 e 2.400 toneladas de lixo domiciliar a cada m√™s. A coleta domiciliar √© feito de segunda a s√°bado, das 7 √†s 3 horas da manh√£ do dia seguinte. S√£o oito carros trabalhando durante o dia e sete no trabalho noturno.

Cada ve√≠culo conta com quatro coletores e a retirada do lixo √© feita com roteiros de bairros e centro definidos desde o in√≠cio do ano passado. "Com isso, temos conseguido fazer a coleta di√°ria nas quatro regi√Ķes da cidade. O n√ļmero de reclama√ß√Ķes caiu consideravelmente. Mas entendemos que o servi√ßo ainda pode melhorar, principalmente, se a popula√ß√£o colaborar, colocando o lixo nos hor√°rios perto da coleta", afirma Vicente Jos√© Silva.

Prefeitura tem coibido descarte irregular de lixo - Foto Gabriel de OliveiraPrefeitura tem coibido descarte irregular de lixo

Entulhos

O diretor de limpeza p√ļblica destaca que historicamente a cidade enfrenta outro problema que √© o descarte irregular de material de reforma e at√© eletroeletr√īnicos, eletrodom√©sticos e m√≥veis velhos. Os relat√≥rios mensais mostram que s√£o retiradas em m√©dia 360 ca√ßambas de entulho das ruas de Itabuna. S√£o mais de 1.000 toneladas de material de reforma de im√≥veis que as pessoas jogam indevidamente nas ruas da cidade.

Vicente José Silva apela aos moradores para que não descartem o material imprestável em terrenos baldios ou canteiros. "Até os comerciantes de áreas centrais de Itabuna vêm jogando material de reforma nas calçadas. Essa é uma atitude que prejudica os próprios lojistas de locais como avenidas do Cinquentenário e Ilhéus, ruas Paulino Vieira e Ruffo Galvão. O dono do imóvel é responsável pela destinação correta dos restos de material de reforma. Quem descarta material indevidamente pode ser punido, como prevê o Código de Posturas do município", alerta Vicente José.

___________________

Prefeitura de Itabuna

Secretaria de Comunicação Social

Texto: Ailton Silva

Foto: Arquivo

banner-mais-noticias